Publicado por: clarc | maio 19, 2011

ALCOOLISMO

O ALCOOLISMO  é a prática habitual de ingerir bebidas alcoólicas sem um controle inteligente e racional, que se pode denominar de vício por bebidas contendo álcool.

O alcoolismo severo ou embriaguez desencadeado pela ingestão de altas doses de bebidas contendo álcool num curto período de tempo,  manifesta-se por perturbações neurológicas (descoordenação motora, andar titubeante), psíquicas (alegria exagerada, exuberância, ou efeito oposto: tristeza, prostração). A pertubação da consciência pode dar lugar a atos impensados.

O alcoolismo crônico é resultado  do consumo habitual (repetitivo) de bebidas alcoólicas, mesmo em doses moderadas, que progressivamente vai compensando alguma fraqueza do usuário e direcionando sua vontade cada vez mais para  o uso das a bebidas. Ao mesmo tempo que se traduz como compensação ou fuga, dá origem a uma série de incômodos metabólicos e digestivos ( náuseas, inapetência, gastrite), atingindo os nervos ( cãibras, pesadelos) e psíquicos (deterioração progressiva da inteligência, do senso de moralidade e da memória).  Culmina com afecções características, como cirrose do fígado, a polinevrite e a encefalopatia alcoólicas, podendo alcançar – por excesso  ou privação brutal de bebida – ou uma infecção qualquer, uma grave complicação – o  “delirium tremens”.

A tuberculose desenvolve-se com preferência nesses indivíduos. Quando não morrem acidentalmente em função do estado de “alcoolizado”  (quedas com traumatismos craneanos mórbidos, atropelamentos, acidente automobilístico, etc) a evolução do alcoolismo progride até decadência física e mental incluindo a caquexia e a morte por insuficiências múltiplas.

Antes, porém, o alcoolismotem tem consequências sociais múltiplas e extremamente graves.

Do ponto de vista econômico é um desastre, tanto para as famílias como para os governos, com despesas com serviços médicos, com  hospitais, justiça, serviços penitenciários, etc. No cenário das familias, além das dificuldades orçamentárias decorrentes, o alcoolismo cria uma atmosfera de nervosismo e violência responsável por várias formas de desagregação familiar com forte impacto nocivo sobre as crianças.   

 Este vício atinge um percentual grande entre jovens delinquentes, muitos descendendo de alcólatras.

A “aguardente ” e a “cachaça” – apesar de só queimarem as mucosas da boca, garganta, esôfago não possuindo nenhum sabor –   estão entre as bebidas mais ingeridas, que para se tornarem menos agressivas ao paladar são servidas misturadas com essências ou com pequenas adições de sucos de frutas.  Seguem as cervejas, vinhos, “uisques”, conhaques, licores, etc.. Há casos de álcool puro diluido com água ou um pouco disso ou daquilo.

O tratamento é conseguido principalmente  pela abstenção, a qual se torna possível pela desintoxicação realizada mediante emprego de medicamentos específicos em ambiente especializado. A cura depende do quadro individual e do rigor no tratamento.

É necessário entender que para se divertir e  f icar alegre não é a melhor prática a ingestão de bebida alcoólica, que leva as pessoas a agirem de modo diferente da que agiriam em seu estado autêntico. A alegria e o prazer de viver não reside na necessidade de  “algo mais” ao organismo, é inerente ao nosso modo de ser e praticar a vida, que deve ser cultivada sempre com um astral de bem com o mundo e consigo mesmo, valorizando cada momento com autenticidade e vontade de viver melhor e mais.

Os sucos de frutas e vitaminas e refrigerantes estão ai, sem falar na preciosa água reservada para o cotidiano de todos os dias.

Beber bebida alcoólica também é viver, mais no sentido de passar o tempo,  mas é viver mal e mau, desvalorizando a vida, reduzindo as condições da natureza humana para um tempo maior de viver. Beber álcool é viver males, mau, e  menos – isto está mais que provado.  

CLARC – EM 19/05/2011

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: