Publicado por: clarc | outubro 16, 2011

QUÍMICA FÁCIL – 03 – CLARC – FÓRMULAS QUÍMICAS

Para representar as substâncias químicas são usadas “fórmulas químicas” que podem ser de vários tipos. É o que vamos ver a seguir.

FÓRMULA  MOLECULAR  – representa a molécula da sunbstãncia considerada   indicando o número de átomos dos seus elementos constituintes. 

Molécula   é a menor partícula que representa uma substância considerada. Ex.: molécula de  água é uma partícula material formada por dois átomos do elemento químico Hidrogênio e um átomo do elemento químico Oxigênio. 

Fórmula molecular da água:  H2O   (2  átomos de   H   ligados a  1   átomo de  O )

Fórmula molecular do Cloreto de Sódio (principal componente do “sal de cozinha”) NaCl   

Existem quatro principais grandes grupos de substâncias – as “funções da química inorgânica” – diferenciadas por suas naturais propriedades e características,  cujos conjuntos são assim denominadas:   ácidos; bases (ou Hidróxidos);  Óxidos e Sais.

Cada um desses grupos funcionais são compostos por várias substãncias que guardam entre si semelhanças de comportamento em termos de características gerais, obtenção e propriedades.

Assim, por exemplo, as fórmulas moleculares dos ácidos apresentam sempre o primneiro elemento da fórmula o Hidrogênio ácido H+ ( ácido Clorídrco HCl; ácido Sulfúrico H2SO4;  ácido Carbônico H2CO3; ácido Nítrico HNO3; etc.)

Os Hidróxidos (Bases) apresentam sempre no final  da fórmula o “radical” ou grupo de átomos chamado “hidróxido” OH-  .    ( Hidróxido de sódio NaOH; hidróxido de Cálcio Ca(OH)2; hidróxido de Lítio LiOH;  hidróxido de  Potássio KOH; hidróxido de Bário Ba(OH)2; hidróxido ferroso Fe(OH)2; hidróxido  Férrico Fe(OH)3;   hidróxido de Magnésio Mg(OH)2;     hidróxido de Alumínio Al(OH)3; hidróxido de Zinco Zn(OH)2;  etc.

Os óxidos terminam a fórmula molecular com o radical  oxigênio O – -  (  O-2 ) que neste caso toma o nome de “óxido” ( Óxido de Calcio CaO;  óxido  de Magnésio  MgO;   óxido de Bário BaO; óxido de Potássio K2O ; óxido de Sódio Na2O; óxido de prata Ag2O;  dióxido de carbono CO2;  óxido Ferroso FeO; Óxido férrico Fe2 O3; óxido salino de Ferro Fe3O4; dióxido de enxôfre SO2; a água é o monóxido de hidrogênio H2O; a água oxigenada é o dióxido de Hidrogênio ou peróxido de hidrogênio H2O2; etc.

Os sais têm suas fórmulas moleculares iniciadas por um radical positivo R+ seguido de um radical negativo R- sendo o R+ nomeado após o R- . Exemplos: CaSO4 sulfato de cálcio  (o radical R+ é o cálcio Ca+2 e o radical R- é o sulfato SO4 -2   e na ocasião de nomear, o sulfato é  nomeado primeiro ); NaCl cloreto de sódio;  CaCl2 cloreto de cálcio; K2SO4 sulfato de potássio. AgNO3 nitrato de prata; KMnO4  permanganato de potásssio; Ba(NO3)2 nitrato de bário;     Na3PO4 Fosfato de sódio; Na2CO3 carbonato de sódio; CaCO3 carbonato de cálcio; etc.

FÓRMULA CENTESIMAL – representa a substância através das suas composições centesimais.

A composição centesimal indica a quantidade do elemento químico considerado em 100 partes da substância.

Exemplo de fórmula centesimal: um determinado composto (ou substãncia) tem a seguinte fórmula centesimal: H=11% O=89%  ( A soma das percentagens deve ser sempre 100%). Outro exemplo: Na=57,5%; O=40,0%; H= 2,5%   (Soma= 57,5+40,0+2,5= 100,0%)

FÓRMULA ESTRUTURAL – indica a distribuição dos diversos elementos ligados na molécula.         Ex.:     ácido clorídrico  H-CL    ;   Cloreto de sódio  Na – Cl   Óxido de cálcio  Ca = O  ;       Hidróxido  de  Cálcio   OH – Ca – OH    

FÒRMULA ESTÉREOQUÌMICA – indica a distribuição dos elementos no espaço. É usual na Química Orgânica.  

Exemplo: O metano (fórmula molecular: CH4 ) é representado- por um tetraédro no qual o átomo de Carbono fica situado no centro e os 4 átomos de Hidrogênio ocupam (cada um)  um dos 4 vértices do tetraédro.

 As fórmulas químicas são muito úteis ao se escrever as equações das reações químicas.

Equção  química é a representação gráfica de uma reação química através das fórmulas das substâncias participantes.

Reação química é a transformação de uma substância em outra (s) diferente (s) sob condições apropriadas, ou a ação mútua entre  duas ou mais substâncias gerando uma ou mais diferentes substâncias. Exs.: O carbonato de cálcio (fórmula: CaCO3)  aquecido (sob efeito de forte calor) se decompõe em óxido de cálcio (CaO)  (vulgarmente chamado de “cal” ou “cal virgem”) e dióxido de carbono ( gás carbônico) (CO2) segunda a equação: 

                        CaCO3 —–>(aquecimento = calor)—–> CaO  + CO2

Outro exemplo: o ácido clorídrico (HCl) e o hidróxido de sódio (NaOH) quando postos em contato reagem produzindo cloreto desódioo(NaCl) e água (H2O) conforme mostrado pela equação: HCl  +  Na(OH)  —–> NaCl  +  H2O

Se não fosse usado fórmulas para as substâncias seria necessário  escrever os nomes delas  o que complicaria muito. O uso das fórmulas simplifica e facilita muito quanto à representação gráfica  (evitando escrita dos nomes) e aos cálculos das quantidades das substãncias envolvidas – [assunto futuro]. 

[Qualquer dúvida quanto à composição das fórmulas, rever o conteúdo apresentado na Química fácil - CLARC  01]

Até a próxima.

CLARC em 15/10/2011

About these ads

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: